Feira "Pequenos Literatos Inacianos" encanta crianças e famílias

05/05/2022 12:48:00 - Atualizada em 05/05/2022 14:26:15 - Autor Wenner Bandeira - Edição Geral por Wenner Bandeira

O Colégio Diocesano Infantil realizou em abril a 3ª edição da sua feira literária, com o tema “Pequenos Literatos Inacianos no universo da literatura infantil”. O evento contou com uma vasta programação com atividades dedicadas para cada nível da educação infantil, além de partilha entre os alunos e também com as famílias sobre todas as temáticas trabalhadas.

Cada nível trabalhou com uma obra específica. Assim, o Infantil I desenvolveu atividades relacionadas ao clássico “João e Maria”; os alunos do Infantil II conheceram mais sobre “Bom Dia todas as cores”, da autora Ruth Rocha; no Infantil III, o livro "Bichodário", de Telma Guimarães, foi o escolhido. No Infantil IV, Adalberto Cornavaca foi estudado com o seu “Amigos, muitos amigos”. As crianças do Infantil V conheceram “Um Barco em meu nome”, de Glória Kirinus, e o 1º ano conheceu a obra “Lá na terra dos contrários, tudo pode dar certo”, do Ir. Marcos Epifânio Barbosa, SJ.

As atividades foram variadas. Houve acolhida com os personagens do livro ganhando vida e conversando com os estudantes, contação de histórias com as professoras de inglês, bate-papo com o autor Marcos Epifânio e compartilhamento de vídeos dos demais autores, e muitas outras. No último dia, houve encerramento com show musical da banda formada pelas próprias crianças.

“Como sempre, foi muito encantador. As crianças tiveram direcionamento, para cada nível, dentro de suas especificidades e das habilidades esperadas para aquela faixa etária. Foram desenvolvidas várias atividades e vivências bem lúdicas e significativas, para que eles pudessem conhecer o autor, entender um pouco da sua cultura, se encantar e viajar no mundo da história, entendendo o personagem, o ambiente deles e a temática proposta”, explica a professora Déborah Helany, coordenadora do Infantil V e do 1º ano do Ensino Fundamental.

Além das atividades a cada nível, a partilha destes conhecimentos também foi proporcionada na feira. “Foi um conhecimento aprofundado e compartilhado de forma colaborativa. As crianças se envolveram muito, a gente percebia o brilho no olhar e a vontade de compartilhar a história com quem chegava na sala”, complementa a coordenadora.

Os colaboradores também tiveram espaço na programação da feira, com uma oficina dada pelo Ir. Marcos Epifânio, um dos autores trabalhados no evento, voltada para aqueles que queiram despertar o ofício de escritores em si. A dedicação dos profissionais que construíram a feira é também ressaltada pela professora Déborah.

“Essa energia e vontade de fazer diferente estava muito presente também na nossa equipe pedagógica, que todos os anos se reinventa trazendo novas estrategias e experiências para motivar essas crianças a se encantarem com a leitura”, diz ela.

Os pais também aprovaram o evento. De 25 a 29 de abril, a feira foi aberta para as famílias, que puderam acompanhar o que foi produzido pelos seus filhos. "Eu queria elogiar imensamente a iniciativa do colégio. Eventos como esse são fundamentais, e vocês organizaram de uma maneira muito bonita, muito lúdica e muito empática. Uma preocupação fundamental para mim é que minha filha seja uma leitora. Para mim isso é uma das chaves para a construção de um mundo diferente, e a leitura mudou minha vida. Eu percebo o estrago que a ausência de leitura faz na vida das pessoas”, resume Dário Rufino, pai de aluna.

Deixe um comentário

0 Comentário

Quando cuido de você,
cuido do mundo

Mantendo a transparência do nosso trabalho, o Diocesano Infantil utiliza cookies com objetivo de prover a melhor experiência no uso do nosso site. Por favor, leia nossa Política de privacidade para entender quais cookies nós usamos e quais informações coletamos em nosso site. Ao continuar sua navegação, você está de acordo que poderemos armazenar cookies no seu dispositivo.