Núcleo Apostólico do Piauí realiza mesa redonda de mulheres inacianas

04/04/2022 09:36:00 - Autor Wenner Bandeira

Representantes de todas as obras do Núcleo Apostólico do Piauí realizaram, na última quinta-feira, 31 de março de 2022, no auditório Padre Antônio Vieira, no Colégio Diocesano São Francisco de Sales, uma mesa redonda para discutir aspectos da vida da mulher sob uma perspectiva inaciana. O evento concluiu o mês da mulher inaciana, que contou com diversas ações ao longo do mês de março.

A mesa foi conduzida por mulheres representantes de cada obra do NAP: Colégio Diocesano São Francisco de Sales; Colégio Diocesano Infantil; Escola Padre Arrupe; Escola Santo Afonso Rodriguez; Centro Social Padre Arrupe; e Paróquia Santo Inácio. “A ideia surgiu porque desejávamos fazer algo para as mulheres, e queríamos fazer um processo de discernimento, algo bem inaciano. Aí surgiu a opção de fazer uma mesa redonda, para trocar ideias e sentir o clima nas nossas obras, com homens e mulheres trabalhando para um objetivo comum. Não queríamos especialistas, por isso trouxemos mulheres das nossas obras para falar sobre isso, e para mim foi um momento muito rico”, conta o Padre Anselmo Dias, superior do NAP.

Para Francidalva Ribeiro, que representou o Colégio Diocesano Infantil na Mesa Redonda, duas mensagens se destacaram durante as conversas: a necessidade do autocuidado e da importância de diminuir o ritmo para aproveitar a vida. “As mulheres se colocam muito nesse lugar do cuidado, de estar ali para servir, de olhar para o outro, mas a mensagem que fica é que, além de cuidar do outro, a mulher tem que olhar para si também, para suas angústias e para o que está almejando para sua vida, para depois cuidar do outro. Outra mensagem que ficou é da necessidade da oração, de parar, refletir, saborear as coisas, porque a mulher às vezes vive muito no automático, querendo resolver tudo ao mesmo tempo”, conta ela.

A assistente administrativa do Centro Social Padre Arrupe, Raquel Batista, estava na plateia e aprovou a realização do evento. “Eu achei uma comemoração singular. Trabalhou a nossa espiritualidade e o nosso lado feminino, nossas opiniões, nossa visão enquanto mulher e profissional. Essa espiritualidade que nos foi apresentada nos fortalece no conhecimento e também na fé, então saímos daqui como pessoas diferentes”, disse.

Deixe um comentário

0 Comentário

Quando cuido de você,
cuido do mundo

Mantendo a transparência do nosso trabalho, o Diocesano Infantil utiliza cookies com objetivo de prover a melhor experiência no uso do nosso site. Por favor, leia nossa Política de privacidade para entender quais cookies nós usamos e quais informações coletamos em nosso site. Ao continuar sua navegação, você está de acordo que poderemos armazenar cookies no seu dispositivo.