Colégio Diocesano, 112 anos - Todo dia novo

22/03/2018 07:25:05 - Atualizada em 22/03/2018 08:46:06 - Por Ana Carolina Dias

O Colégio Diocesano celebra seus 112 anos de compromisso com a educação no Piauí investindo em inovações. Agora, estudantes do Maternal à 3ª série do Ensino Médio podem desenvolver atividades diversificadas por meio de novos recursos educacionais, adequados às especificidades de cada nível de ensino. Há novos projetos pedagógicos e espaços de aprendizagem: Laboratórios de Linguagem e Ciências, um moderno Espaço de Tecnologia, a implantação dos programas de Educação Bilíngue e de Educação Tecnológica e o Projeto Circuito Literário em Rede.

O programa de Educação Bilíngue, que contempla alunos do Maternal I ao 3º ano do Ensino Fundamental, possibilita às crianças desenvolver a proficiência na Língua Inglesa. Nas aulas do programa, os diálogos entre professor e aluno são feitos integralmente em Inglês, favorecendo melhor o domínio da língua.

Estudantes realizam atividades do Laboratório de Linguagens

Já o programa de Educação Tecnológica inclui a Robótica Educacional no currículo das disciplinas de Matemática e Ciências para alunos do Infantil II ao 7º ano do Ensino Fundamental, dando mais significado ao ensino dessas disciplinas. Os estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental também passam a ter aulas de Raciocínio Lógico. “Nos laboratórios e por meio da Robótica, os estudantes podem vivenciar o conteúdo tendo a oportunidade de experienciar sua aplicação, dando mais significado ao ensino”, ressalta a assessora pedagógica do Colégio Diocesano, professora Ivanilde Castro.   

O projeto Circuito Literário em Rede, aplicado junto a alunos da Educação Infantil até o Ensino Médio, propõe o acompanhamento das leituras feitas durante o ano em uma plataforma digital. “O objetivo é criar uma base tecnológica que atenda à formação dos estudantes, integrando todos os projetos literários do colégio em um só programa de leitura que prioriza a linearidade de uma série para a outra", destaca a bibliotecária Bruna Dayane.

Além desses projetos, outra importante inovação está nas aulas de Redação do Ensino Médio, que passam a contar com dois professores em sala de aula, de modo a garantir maior suporte aos alunos durante a produção e maior agilidade na correção e devolutiva dos textos.

Novo espaço para Robótica Educacional

Para o diretor geral, padre Vicente Zorzo, SJ, neste momento de inovação, deve-se agradecer a todas as gerações que aqui passaram. “Somos gratos por acreditarem na educação jesuíta e estarem caminhando juntamente conosco, buscando construir um mundo novo e melhor. Que o aprendizado destes 112 anos seja como um pilar para um futuro cheio de esperança, pois precisamos de uma instituição educativa sólida, comprometida e capacitada a resolver questões dos tempos contemporâneos”, afirma.

Um pouco da sua história

O Colégio Diocesano foi fundado em 1906 pelo bispo Dom Joaquim Antonio D’Almeida. Devido à falta de recursos, foi fechado duas vezes até que Dom Severino Vieira de Melo, ao ser nomeado terceiro bispo do Piauí em 23 de fevereiro de 1924, teve como uma das suas metas principais a reabertura do colégio. Em 1º de fevereiro de 1925, o colégio foi reaberto em regime de internato, semi-internato e externato, funcionando assim até setembro de 1959 quando o padre Deusdedit Craveiro – último diretor do colégio sob a administração da diocese – decidiu encerrar com o regime de internato e semi-internato.

De outubro de 1959 até o início de 1960, teve como diretor um leigo, o professor Bernardo Lopes de Sousa, que administrou o colégio no período de transição até a chegada dos padres jesuítas. Em 13 de março de 1960, foi feita a entrega oficial do Colégio Diocesano para os padres jesuítas: o Colégio Arquidiocesano São Francisco de Sales passava agora a integrar as obras da Companhia de Jesus.

Diozinho – Cada vez mais!

Nestes 112 anos, o Diocesano sempre apostou em inovações. Em 2003, inaugurava a Educação Infantil que também está em festa neste ano. O Diozinho, como é chamado carinhosamente, completa 15 anos de dedicação à educação dos segmentos iniciais da formação acadêmica e humana. Por conta disso, todas as atividades que acontecem este ano possuem o aniversário do colégio como um dos pontos norteadores, bem como a Campanha da Fraternidade 2018 “Fraternidade e Superação da Violência”. Um ano de muita paz e motivos para comemoração.

Deixe um comentário

0 Comentário