Projeto de Liderança fomenta o protagonismo juvenil

21/02/2018 10:05:06 - Atualizada em 21/02/2018 19:21:50 - Por Camila Oliveira

“Uma obra educativa da Companhia de Jesus tem como um dos seus objetivos a formação de líderes que tenham, na justiça e no serviço, seus principais compromissos”, afirma o Projeto Educativo Comum (PEC), n. 52, da Rede Jesuíta de Educação (RJE). Nessa perspectiva, o Colégio Diocesano executa anualmente o projeto de Liderança Juvenil que, entre as atividades desenvolvidas, realiza a eleição dos líderes de turma. Este ano, os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio escolhem seus representantes em 8 de março.

O processo tem início com a sensibilização dos estudantes sobre a importância e seriedade da escolha. Nessa etapa, é discutida a “conceituação da liderança que o PEC propõe, a articulação com o cenário político atual, os 5 Cs (ser consciente, competente, compassivo, comprometido e criativo) e o papel do representante de turma”, conta a orientadora educacional Lorenna Munise.

Posse dos líderes de turma em 2017

Após isso, as chapas são formadas e os integrantes debatem suas propostas em sala de aula sob supervisão do Serviço de Orientação Educacional (SOE) e do Departamento de História. Os vencedores tomarão posse no dia 27 de março. Durante o ano, são realizados momentos de formação com os líderes eleitos no Sítio Santo Inácio, onde os estudantes partilham experiências e aprendizados com os representantes de turma escolhidos na Escola Santo Afonso Rodriguez (ESAR).

O objetivo do projeto é fomentar o protagonismo juvenil, permitindo que o estudante desenvolva sua capacidade de liderança de forma coerente com o perfil inaciano e, assim, possa desempenhar bem o seu papel diante da comunidade escolar e da sociedade. “A liderança de turma se aproxima da formação integral na medida em que se propõe a desenvolver melhor as dimensões afetiva, espiritual, ética, comunicativa e sociopolítica”, aponta a orientadora.

Todas as turmas elegem um líder e um vice-líder. As turmas do 6º ano do Ensino Fundamental à 2ª série do Ensino Médio escolhem ainda um líder esportivo feminino e outro masculino. Desde 2014, o projeto é realizado em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), que disponibiliza urnas eletrônicas para o pleito.

Deixe um comentário

0 Comentário