Colaboradores da Educação Infantil do Diocesano apresentam trabalhos em evento científico na Bahia

20/09/2017 10:42:31 - Atualizada em 20/09/2017 10:52:27 - Por Samira Ramos

O livro “Brinco e Aprendo com os Contos Infantis”, escrito por Maria da Santidade Lopes, Eva Barros e Cássia Dias, colaboradoras da Educação Infantil do Colégio Diocesano, e dois artigos científicos de colaboradores do setor de psicologia escolar e psicopedagogia da unidade serão apresentados no XIII Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional. Os três trabalhos são frutos de experiências vivenciadas na instituição jesuíta. O evento acontece em Salvador, Bahia, entre os dias 27 e 30 de setembro de 2017 e este ano tem como tema “Pela Democratização da Educação”.

No primeiro dia de evento, o livro “Brinco e Aprendo com os Contos Infantis” será apresentado como minicurso. A obra traz sugestões de atividades práticas e lúdicas, baseadas em 20 contos infantis clássicos, direcionadas a crianças de 2 e 3 anos de idade. No congresso, a proposta é demonstrar a aplicabilidade da obra. Para Maria da Santidade Lopes, o aceite no evento “é uma certificação de que, de fato, o trabalho tem cunho científico e é de interesse do público. Mostra que estamos no caminho certo”.

Livro de colaboradoras da Educação Infantil será apresentado como minicurso

“Brinco e Aprendo com os Contos Infantis” é resultado de um projeto de aprendizagem que é desenvolvido há três anos nas turmas de Maternal I, na Educação Infantil do Diocesano, intitulado “A família conta e vivencia histórias”. A proposta da obra é ser um auxílio para o desenvolvimento de habilidades afetivas, sociais, motoras e cognitivas nas crianças, e promover um envolvimento delas com a leitura. Além disso, também busca inserir os pais como mediadores no processo de aprendizagem. No dia 29 de setembro, o livro também será lançado no evento.

Na quinta-feira, 28, os colaboradores Cássia Dias, Ranyelle Lopes, Felipe Salem e Leilane de Sousa compartilham a experiência do “Programa de Orientação para Pais na Escola”. O programa, efetivado na Educação Infantil, consistiu em encontros para aperfeiçoamento das práticas educativas usadas pelos pais de alunos. A proposta teve a participação de 120 pais e foi avaliada positivamente pelos mesmos, segundo questionário aplicado pela equipe de psicologia escolar.

Por último, na sexta-feira, 29, será compartilhada a experiência “O suporte do psicólogo escolar na produção do Programa Individual de Atendimento na sala de recursos multifuncionais”, pelas colaboradoras Cássia Dias, Joana Célia Machado e Ana Kleya Visgueira. O Plano Individual de Atendimento (PEI) é um instrumento usado no Atendimento Educacional Especializado (AEE) para levantamento de habilidades existentes e habilidades a desenvolver nos alunos atendidos. O artigo foi elaborado com base na necessidade, observada pelo Serviço de Psicologia da escola junto com as psicopedagogas do AEE, de elaborar um PEI também para a sala regular.

Três trabalhos de colaboradores da Educação Infantil do Diocesano serão apresentados no evento

O evento é organizado pela Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (FACED). Em sua 13ª edição, busca ampliar as discussões sobre a realidade das escolas brasileiras e as relações da Psicologia com a Educação Básica e Superior. Além disso, destaca a importância da universalização do acesso à escolaridade aliada à permanência no ambiente escolar e qualidade social.

Deixe um comentário

0 Comentário