Estudantes do Diocesano participam do ONU Colegial no Rio de Janeiro

07/07/2017 09:51:34 - Atualizada em 07/07/2017 19:59:54 - Por Camila Oliveira

O evento simula a tomada de decisão da ONU sobre a guerra Indo-Paquistanesa, de 1971.

Estudantes do Colégio Diocesano participam do XII ONU Colegial, evento promovido por alunos do Colégio Santo Inácio, do Rio de Janeiro, instituição que também integra a Rede Jesuíta de Educação (RJE). A proposta é envolver alunos do 9º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio em discussões sobre temas internacionais, simulando o processo de tomada de decisões da Organização das Nações Unidas (ONU). O evento é realizado desde 2003, ano do centenário do Colégio Santo Inácio.

João Lucas Saldanha, da 2ª série do Ensino Médio, e Raian Castelo Branco, da 3ª série do Ensino Médio, participam do evento acompanhados do professor de História, Anderson Miura. Na oportunidade, os estudantes representam diplomatas da Arábia Saudita e devem defender as posições desse país em discussões na busca de resoluções da Guerra Indo-Paquistanesa. Os estudantes simulam estar em dezembro de 1971, período em que o conflito aconteceu.

Pela primeira vez em uma simulação do tipo, João Lucas acredita que a experiência é muito rica. “Além de ensinar sobre a geopolítica que rege o nosso mundo e como as pessoas e nações interagem em busca de bens comuns, aprendo a organizar, tanto na oratória quanto no papel, a argumentação, que é fundamental em qualquer tipo de experiência acadêmica”, avalia.

Os estudantes representam a Arábia Saudita.

“A ONU colegial é bem organizada e segue o padrão das grandes simulações no Brasil”, afirma Raian. Ele participou recentemente da Simulação das Nações Unidas para as Secundárias (Sinus), evento semelhante organizado por alunos da Universidade de Brasília (UnB). Uma diferença importante entre os dois eventos, destacada pelo aluno, é que na ONU Colegial predominam as discussões de temas históricos, enquanto na Sinus são discutidos temas atuais.

Os dois estudantes do Diocesano integram o Conselho de Segurança Histórico 1 (CSH¹) na simulação. "A ONU Colegial é um evento rico, diferencial e extremamente eficiente para trabalhar o empoderamento jovem, bem como das responsabilidades sócio-históricas que têm diante das questões políticas do mundo que os cerca”, enfatiza o professor Anderson Miura. O docente salienta que atividades como esta possibilitam o desenvolvimento de diversas habilidades nos estudantes, sendo de suma importância no processo educativo dos jovens.

Deixe um comentário

0 Comentário