Casa Magis promove voluntariado jovem

12/12/2016 12:14:10 - Atualizada em 14/12/2016 11:23:06 - Por Samira Ramos

Durante uma semana, 22 jovens participam de um voluntariado promovido pela Casa Magis Teresina. A ação social acontece na Escola Padre Arrupe e no Núcleo de Promoção da Terceira Idade “Antônio Carneiro”, obras da Companhia de Jesus, e também na Fazenda da Paz, comunidade terapêutica que atende gratuitamente dependentes químicos na cidade. Nas ocasiões, são desenvolvidas diversas oficinas e atividades socioeducativas, culturais e esportivas de acordo com as especificidades de cada público. No primeiro dia de atividades, foi celebrada a missa de envio para a Experiência Magis Teresina, que tem como tema “O Magis abraçando gerações”.

A Casa Magis é um espaço da Rede Jesuíta dedicado a vivência da espiritualidade e formação da juventude e integra o projeto das Experiências Magis, do Programa Magis Brasil. As experiências são missões, que acontecem nos meses de férias, realizadas com intuito de colocar os jovens em contato com outras realidades e culturas, à luz da Espiritualidade Inaciana. A proposta é que os voluntários se tornem mais comprometidos para promoção da justiça e solidariedade.

Na Escola Padre Arrupe, os voluntários promovem diversas brincadeiras com as crianças.

Ao todo, 51 crianças e adolescentes entre 5 e 15 anos, que residem nas proximidades da Escola Padre Arrupe, participam da colônia de férias promovida pelos voluntários. Além disso, os pais e mães também têm a oportunidade de aprender técnicas de culinária em oficinas durante a semana. “Essas atividades proporcionam um momento importante de integração entre escola e comunidade”, ressalta o coordenador pedagógico da escola, Ir. Jorge de Paula, SJ.

No Núcleo de Promoção da Terceira Idade “Antônio Carneiro”, os voluntários colaboram em oficinas de capoterapia, culinária e artesanato, direcionadas aos idosos que integram o núcleo. Os jovens irão visitar a Fazenda da Paz e participar da rotina do local junto aos atendidos, além de realizar um momento de espiritualidade com eles. De acordo com o vocacionado jesuíta Paulo Sérgio, o voluntariado é um momento para autodescoberta e de despertar a sensibilidade em relação ao próximo. “É uma oportunidade que muitos desses jovens não tiveram antes, de conhecer outras realidades. A ideia é sair do comodismo”, declara.

Clique aqui para ver mais fotos

Deixe um comentário

0 Comentário

Fale conosco