O esporte na construção da cidadania

12/05/2016 13:48:38 - Atualizada em 24/05/2016 12:47:18 - Por Ana Carolina Dias

As Olimpíadas Esportivas 2016 celebram os 110 anos do Colégio Diocesano. Os jogos, que acontecem entre 13 e 15 de maio, envolvem alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio, que competem nas modalidades ­­futsal, basquete, handebol, vôlei, tênis de mesa, atletismo e natação.

A tradição olímpica remonta a 2.500 anos a.C e tem origem na Grécia Antiga. Atletas das cidades-estados gregas se reuniam na cidade de Olímpia para disputarem diversas competições esportivas: atletismo, luta, boxe, corrida de cavalo e pentatlo (luta, corrida, salto em distância, arremesso de dardo e de disco).

A bandeira olímpica, formada por cinco anéis entrelaçados, representa a união amistosa entre as nações. A paz, a amizade e o bom relacionamento entre os competidores são os princípios que devem nortear a competição. A coordenadora do departamento de Educação Física, Maysa Lima e Silva, afirma que o esporte ensina a respeitar as diferenças, ter espírito de liderança e pensar coletivamente. “Os limites ensinados no esporte são limites da vida, trabalhados de forma educacional”.

O atleta inaciano deve contemplar os 6 Cs da Pedagogia Inaciana: ser consciente, competente, compassivo, comprometido, contemplativo e criativo. A medida que aprende os limites esportivos constrói valores para a vida em sociedade. O esporte favorece o desenvolvimento da maturidade; ajuda a criança a traçar estratégias, a reconhecer os erros e aprender com eles, além da compreensão de que uma equipe engajada alcança seus objetivos com mais facilidade. 

Deixe um comentário

0 Comentário