​Domingo de Ramos será celebrado dia 20 de março

16/03/2016 08:43:23 - Atualizada em 16/03/2016 08:48:07 - Por Ana Carolina Dias

O Domingo de Ramos celebra a chegada de Jesus em Jerusalém, onde foi aclamado pelos hebreus. Com ramos de oliveira nas mãos, o povo clamava "Hosana ao Filho de Davi"! Sua chegada, despertada nos sacerdotes e mestres da lei inveja e medo de perder o poder. Começa então a conspiração para condenar Jesus à morte. O acontecimento dá início a Semana Santa, que segundo a tradição cristã, relembra os últimos dias de Cristo até Sua crucificação, morte e ressurreição.

Em entrevista ao Site Diocesano, o coordenador adjunto da Pastoral do Colégio Diocesano, padre Ednaldo Vieira, SJ, esclarece fatos do Domingo de Ramos e ressalta aspectos dessa celebração.

Site Diocesano - Qual a importância da cidade de Jerusalém para os judeus?

Padre Ednaldo Vieira – Lá, estava localizado o principal centro de culto do povo judeu, o Templo de Jerusalém. Na cidade, era celebrada a Páscoa judaica que comemorava a libertação do povo de Israel da escravidão egípcia. Jesus foi comemorar essa festa com seus discípulos.

Site Diocesano - O que simboliza a entrada de Jesus na cidade montado em um jumento?

Padre Ednaldo Vieira - O povo desejava a ida de Jesus até a cidade, mas há uma divergência entre o Messias que o povo esperava e o Messias que de fato Jesus era. Era esperado um rei poderoso que libertasse da dominação romana. Jesus quebra essa expectativa por ser humilde, como mostra sua entrada em um jumento. É o Messias que vem quebrar as estruturas de poder, mostrar que a grandeza não está em mandar, mas em servir. A liderança de Cristo é fundamentada em argumentos, que propõe um modo diferente de viver, se relacionar e governar.

Site Diocesano - Qual o significado dos ramos?

Padre Ednaldo Vieira - Os ramos são sinal de vitória. Foi uma maneira de acolher o Rei dos Judeus. Hoje é a representação da vitória sob a morte, por meio da Ressureição. Nós cremos que o bem é sobreposto ao mal e que vale a pena viver por essa causa. Os ramos lembram-nos que estamos unidos a Cristo na luta pela salvação do mundo.

Site Diocesano - Como é conduzida a celebração do Domingo de Ramos?

Padre Ednaldo Vieira - A comunidade revive a chegada de Jesus em Jerusalém, com a tradição da Procissão dos Ramos que leva o povo até a Igreja. Ao mesmo tempo em que é lido o Evangelho da Paixão de Cristo e comentada, pois a entrada em Jerusalém marca o início dos acontecimentos que levaram à morte de Jesus e sua ressurreição. Durante a celebração é feita a benção dos ramos, que são levados pelos participantes para casa após a missa.

Acompanhe a procissão da Arquidiocese de Teresina e a SSJ 2016

A abertura da Semana Santa da Arquidiocese de Teresina acontece no Domingo de Ramos, dia 20 de março, com uma procissão até a catedral Nossa Senhora das Dores e celebração eucarística.A procissão se inicia às 7h, com saída do Colégio Procampus, segue pela rua Santa Luzia, 24 de Janeiro e segue rua Félix Pacheco até a Praça Saraiva, em direção a Catedral onde será celebrada a Missa de Ramos, às 8h, com a comunidade.

A Semana Santa Jovem 2016 (SSJ) será de 23 a 27 de março, organizada pela Pastoral do Colégio Diocesano, Casa Magis, Paróquia Santo Inácio, Pastoral da Escola Santo Afonso Rodriguez e Centro Inaciano da Juventude de Fortaleza (CE). São duas experiências: uma de retiro no Sítio Santo Inácio e outra de missão com a comunidade do bairro Socopo.

Deixe um comentário

0 Comentário