​Alunos se mobilizam para a campanha Inacianos pelo Haiti 2016

09/03/2016 11:39:38 - Atualizada em 09/03/2016 11:43:48 - Por Ana Carolina Dias

A reunião virtual da Campanha Inacianos pelo Haiti conectou alunos jesuítas de toda a América LatinaOs alunos José Victor Cruz, do 3ª série do EM, e Victória Waquim, 2ª série do EM, escolhidos Embaixadores da Transformação, participaram da primeira reunião do projeto que visa mobilizar os alunos das escolas jesuítas da América Latina a colaborar na campanha Inacianos pelo Haiti. A reunião, presidida pela coordenadora da campanha, Jimena Castro, esclareceu aspectos e deu as primeiras orientações aos embaixadores de sete países latino-americanos.

Os estudantes partilharam experiências realizadas em prol da campanha nos colégios envolvidos na campanha. José Victor comenta com entusiasmo das ações realizadas nos demais colégios. “Gostamos da mobilização nos outros colégios. Na Argentina, por exemplo, fizeram campanha de arrecadação em garrafas pet colocadas em pontos estratégicos dos colégios”.

A missão dos embaixadores agora é pensar em estratégias para o Colégio Diocesano, incentivando os demais alunos a colaborarem na campanha, que tem a meta de arrecadar em 2016 US$ 80 mil para a comunidade escolar haitiana. A próxima reunião da campanha Inacianos pelo Haiti será realizada em abril, quando os alunos irão apresentar propostas de campanhas nas instituições.

Em Teresina

A campanha “Inacianos pelo Haiti”, organizada pela Federação Latino Americana de Colégios da Companhia de Jesus (FLACSI) desde 2011, tem como foco a melhoria da educação de crianças haitianas, que vivem em situação de miséria e não possuem condições básicas, após o terremoto que devastou o país em 2010.

No Colégio Diocesano e Diocesano Infantil, em 2015, foi lançada a campanha #DIOPELOHAITI e organizadas ações como caminhada, bazares, tardes culturais e gincana. Também se mobilizaram as duas escolas da Rede Jesuíta de Educação no Piauí: Escola Santo Afonso Rodriguez e Escola Materno Infantil Padre Pedro Arrupe. No total, foi enviado o valor de R$ 17.000 como contribuição das obras jesuítas em Teresina, para ajudar na formação de professores no Haiti.

Assista a reunião completa no link

Deixe um comentário

0 Comentário