2º dia da DIOFEIRAC apresenta projetos com temas de cunho social

25/10/2019 11:55:00 - Atualizada em 25/10/2019 12:13:21 - Por Samira Ramos

                  Urbanização, lixo, acessibilidade, empatia, tecnologia, educação, empreendedorismo social, saúde mental e mente humana. Esses foram alguns dos temas abordados pelos estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental no 2º dia da Feira de Conhecimento, Sensibilização, Mobilização, Protagonismo e Empreendedorismo Social do Diocesano, a DIOFEIRAC 2019, que ocorreu na última quinta-feira, 24.

                 Seguindo a proposta do Projeto Sempre de apresentar resoluções de situações-problema da sociedade, os estudantes expuseram seus trabalhos e propostas de intervenções para toda a comunidade acadêmica, visitantes, pais e responsáveis. “Eles mostraram bastante propriedade ao falarem sobre os temas, pois, além de alguns temas estarem diretamente ligados ao cotidiano deles, os estudantes vivenciaram as intervenções de forma bem intensa. Eles se mostraram seguros e confortáveis ao tratarem dos assuntos”, ressaltou.

                 As turmas do 6º ano do Ensino Fundamental trabalharam subtemas dentro de temáticas gerais como “Urbanização, uma vida melhor para cidadãos”, “Leitura: interação com o mundo”, “O destino do lixo” e “Doar e reaproveitar: a natureza agradece”. Para a aluna Yannis Mesquita, do 6º ano D, cujo grupo abordou o consumo consciente, a experiência foi de muito aprendizado. “Ao longo do ano, nós fizemos doações, visitas a instituições, como Casa de Zabelê, e também participamos e promovemos uma oficina de customização. Conseguimos mostrar que calçados, roupas e brinquedos podem ser reutilizados, evitando que fossem jogados na natureza”, pontuou a aluna.

                A turma do 7º ano do Ensino Fundamental abordou temas gerais, como: “Acessibilidade”, “Agindo com empatia, sendo mais para os demais na fase infantil” e “Estimulação cognitiva”. Para debater os subtemas, os alunos buscaram promover vivências do que aprenderam para que os visitantes experienciassem as mesmas situações. “Para a intervenção, nós visitamos a Associação de Cegos do Piauí (ACEP), lá conversamos com o diretor e fizemos várias atividades com os cegos. Depois visitamos o AEE para fazer um banner contendo todo o alfabeto em braile para exposição. Agora estamos trabalhando a conscientização sobre a importância de haver acessibilidade”, contou a aluna Ana Clara Lustosa, do 7º ano A, que falou sobre o subtema “Acessibilidade para cegos, surdos e mudos”.

Estudantes participam de atividades lúdicas durante as apresentações

               “Tecnologia a serviço”, “Saúde mental” e “Mente humana na atualidade” foram os temas gerais das turmas de 8º ano do Ensino Fundamental. Sabendo que hoje em dia um dos fatores que mais afetam a saúde mental da população mundial são os padrões de beleza estabelecidos nas redes sociais, o grupo da estudante Mariana Braga, do 8º ano C, resolveu trabalhar o subtema “Consequências dos padrões de beleza”. “As pessoas acabam desenvolvendo doenças como anorexia e bulimia nervosa por conta desses padrões inalcançáveis. Como projeto de intervenção, trouxemos uma psicóloga para trabalhar a autoestima dos alunos”, afirmou.

               A turma do 9º ano do Ensino Fundamental trabalhou as temáticas gerais “Empreendedorismo Social”, “Tecnologia” e “Educação”, que, entre muitos subtemas, buscou responder ao questionamento: a educação é importante para o desenvolvimento da autoestima? “Nosso trabalho foi elaborado em cima dessa pergunta. Nós fizemos um projeto de intervenção que constou na promoção de atividades focadas no reconhecimento e aceitação dos seus pontos fortes e fracos. Acima de tudo, queríamos conscientizar de que a pessoa tem que se aceitar e evitar mudar por conta de outros”, contou o estudante Aécio Dalton, do 9º ano do Ensino Fundamental, que discorreu sobre o subtema “REC – Renovação, Educação e Conscientização”.

             O 3º e último dia da DIOFEIRAC 2019 ocorre no sábado, 26, para as turmas de 1ª a 3ª série do Ensino Médio. A feira é aberta para toda a comunidade escolar, visitantes, pais e responsáveis.

Deixe um comentário

0 Comentário