Missa abre a Semana Inaciana 2019 no Diocesano

26/07/2019 12:00:00 - Atualizada em 26/07/2019 13:35:34 - Por Thiago Serafim

“Os Exercícios são tudo o que de melhor que eu possa, nesta vida, pensar, sentir e entender, tanto para a pessoa poder aproveitar a si mesma, como frutificar, ajudar e aproveitar a muitos outros”.
Trecho retirado da carta de Santo Inácio ao Padre Miona, de novembro de 1536.

A Semana Inaciana é a reflexão da vocação do fundador da Companhia de Jesus a partir do tema: “Inácio: pai, amigo e companheiro”. No Colégio Diocesano, ela será vivenciada por toda a comunidade acadêmica. Entre os dias 31 de julho e 10 de agosto, haverá contação da história, momentos de oração, peregrinação e exposição artística envolvendo a história desse santo, que com seus seis companheiros iniciaram a Ordem dos Jesuítas.

No dia de Santo Inácio de Loyola, 31 de julho, data de seu falecimento, será a abertura da Semana Inaciana com uma missa para alunos, ex-alunos, professores, colaboradores, amigos e parceiros das obras da Companhia de Jesus em Teresina. A celebração será às 18h30min, na Capela Nossa Senhora das Graças, no Colégio Diocesano, na Praça Saraiva.

Quem foi Inácio

Nascido em Loyola, região no norte da Espanha, em uma família com posses, Íñigo López dedicou bastante tempo de sua adolescência preparando-se para a carreira militar na corte. A serviço do vice-rei de Navarra, foi ferido na perna por uma bala de canhão que, além de partir sua perna direita, deixou lesões na esquerda, em Pamplona. Passou meses convalescendo no castelo de seus pais. Nesse período, ainda doente, interessou-se por histórias e estudos de fé e passou a buscar inspiração nas histórias de santidade. Lendo sobre a vida de Cristo e a vida dos Santos, ele iniciava seu processo de conversão.

Decidiu partir para Jerusalém e aceitar o chamado de Deus em sua vida. Deixou a espada no altar da Igreja de Nossa Senhora de Montserrat, após uma noite de oração e doou suas roupas de fidalgo, adotando trajes simples e rústicos. Em sua peregrinação para Jerusalém, o jovem passou muitas necessidades, viveu como mendigo, se abrigou em uma cova. Mas seu objetivo era fazer anotações em um caderno que, mais tarde, iriam se transformar no livro dos Exercícios Espirituais.

Após a experiência em Jerusalém, Inácio teve de voltar à Europa, onde sofreu perseguições por suas ideias. Foi a Paris estudar Filosofia e Teologia e lá conseguiu agrupar colegas a quem passou a chamar de companheiros ou amigos no Senhor. Foi o início da história da Companhia de Jesus.

Ainda em 1534, grupo era já formado por sete companheiros que desejavam consagrar inteiramente suas vidas a Deus. O fruto da deliberação dos primeiros companheiros foi apresentado ao Papa Paulo III que o aprovou oralmente, reconhecendo a Companhia de Jesus em 3 de setembro de 1539. Em pouco tempo, os jesuítas se multiplicaram e se espalharam por todo o mundo nas mais distintas missões.

O diretor geral do Colégio Diocesano, padre Vicente Zorzo, SJ, conta que por ter crescido no interior do Rio Grande do Sul, Cerro Largo, uma cidade que foi fruto do trabalho e da articulação de um missionário jesuíta, Santo Inácio e os primeiros companheiros eram apresentados como referência. “Eu vivia em um ambiente onde a memória dos jesuítas era uma grata memória. O meu contato com Santo Inácio veio daí, desses companheiros de Jesus”, conta.

A Espiritualidade Inaciana enfatiza a importância do discernimento para todas as ocasiões. Padre Vicente explica que no Colégio Diocesano utiliza-se a “Pausa Inaciana”, uma marca dos exercícios espirituais. Ela é feita diariamente antes do início das aulas. “É importante parar um momento para dar-se conta dos movimentos interiores. Uma espiritualização diária”, afirma o diretor geral da instituição.

Atualmente, a Companhia de Jesus está presente em mais de 130 países. Proporciona educação para mais de três milhões de pessoas em uma das maiores redes de educação do mundo, a Rede Jesuíta de Educação, que abraça mais de 180 colégios, 200 universidades e faculdades e 2.724 centros de Educação Popular Fé e Alegria.

Serviço:

Missa em Ação de Graças
Data: 31 de julho
Local: Capela Nossa Senhora das Graças,Colégio Diocesano-Praça Saraiva
Horário: 18h30min

Deixe um comentário

0 Comentário