Diocesano realiza simulação de reuniões da ONU

03/07/2019 13:59:00 - Atualizada em 04/07/2019 08:20:54 - Por Lisiane Mossmann

A DIONU será a primeira simulação interna do Colégio Diocesano nos moldes do Modelo Acadêmico de Simulação das Nações Unidas. É uma simulação dos processos de tomada de decisão da ONU e acontecerá nos dias 5 e 6 de julho no auditório do Diocesano. Nessa edição, o tema geral, escolhido para nortear os debates dos comitês, é “Como Mudar o Mundo: Os objetivos do Milênio”, que são metas estabelecidas após a Cúpula do Milênio das Nações Unidas, realizada em 2000, com intuito de promover o desenvolvimento e erradicação da pobreza.

Nesse evento, estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio assumem papel de delegado e representam os interesses de uma nação. Os estudantes estão divididos entre seis comitês e a agência de comunicação: Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), com o tema “A crise de refugiados oriundos do Oriente Médio”; Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU), debate “Liberdade de imprensa: violações ao direito de expressão e ao acesso à informação”; Conselho de Direitos Humanos (CDH) discute “A garantia dos direitos humanos aos povos nativos”; Organização dos Estados Americanos (OEAH) debate “A crise dos mísseis”; Comitê Social, Cultural e Humanitário (SOCHUM) trata sobre “Trabalho infantil”; Assembleia Ambiental das Nações Unidas (UNEA), com o tema “Soluções globais para a promoção de energia acessível e limpa”.

Alunos do 9º ano do Ensino Fundamenta à 3ª série do Ensino Médio participam da DIONU

Soluções inovadoras e criativas

A partir dos temas designados para cada comitê, são realizadas sessões em que ocorrem debates com representações de todos os continentes. No evento, cada estudante assume o papel de delegado, o qual defende os interesses da nação que escolheu representar. Para isso, eles necessitam abrir mão de convicções pessoais e defender os interesses do país. Nos seis comitês, os debate de extrema relevância mundial, levam a soluções criativas e inovadoras, porém realistas, para os problemas apresentados, respeitando os tratados já vigente entre as nações.

A simulação permite que os estudantes vivenciem o complexo mundo da diplomacia e da alta política, buscando desenvolver suas capacidades de negociação e argumentação, como fazem os diplomatas diante das grandes tensões internacionais. Ex-alunos que participaram de simulações semelhantes em outros estados, enquanto estudavam no Colégio Diocesano, estão na organização da DIONU, com o apoio de professores.

Confira o cronograma da DIONU:

Deixe um comentário

0 Comentário