Previna-se contra a dengue!

15/06/2019 07:44:00 - Atualizada em 15/06/2019 07:47:24 - Por Ana Carolina Dias

Dados, divulgados em abril pelo Ministério da Saúde, indicam que mais de 100 municípios do Piauí podem ter surtos de dengue. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) reforça o pedido de ajuda da população para o combate ao mosquito Aedes Aegypti.

A enfermeira do Colégio Diocesano, Mikaella Melo, corrobora com os dados do Ministério da Saúde sobre número de casos de dengue na cidade e relembra que: “Ainda que com a diminuição das chuvas estejamos saindo do período mais crítico, os cuidados preventivos não podem diminuir”.

Teresina também está passando por uma epidemia de gripe. A técnica de enfermagem do Colégio Diocesano, Deusimar Barbosa, alerta que é necessário redobrar os cuidados nestes períodos. Mikaella lembra que o vírus da gripe é mutável e é importante estar atento às campanhas de vacinação.

Além disso, as funcionárias da enfermaria do Diocesano, indicam procurar o serviço médico em caso de persistência de febre, dor de cabeça e dor no corpo, para que seja feito exame de sangue e, assim, diagnosticar a virose e encaminhar o tratamento adequado.

PREVINA-SE

DENGUE

Prevenção:

  • Evitar acúmulo de água;
  • Colocar areia nos vasos de plantas;
  • Latas de lixo sempre bem tampadas;
  • Coloque desinfetante nos ralos;
  • Limpe as calhas.

Como eliminar os focos:

  • Lavar com sabão e escova os recipientes que acumulam água;
  • Jogar as larvas na terra ou no chão seco;
  • Para grandes depósitos e reservatórios de água para consumo humano, é necessária a presença do agente de saúde para aplicação do larvicida.



Recomendações de utilização da água sanitária:

  • Água sanitária também poder ser utilizada no combate às larvas. Mas é importante lembrar que ela NÃO PODE ser utilizada em recipientes usados para armazenamento de água para consumo humano e de animais.

GRIPE

Prevenção:

  • Tomar a vacina anualmente;
  • Não compartilhar garrafas ou copos;
  • Lavar as mãos com água e sabão;
  • Após as mãos lavadas, usar álcool em gel;
  • Manter-se bem hidratados.

Deixe um comentário

0 Comentário