Previna-se contra a “Virose da Mosca”

28/01/2019 11:49:00 - Por Ana Carolina Dias

No início do ano, com as chuvas em Teresina, é comum que alguns tipos de viroses se manifestem com maior intensidade na população. Esse é o caso da Doença Diarreica Aguda (DDA), conhecida pela população como a “Virose da mosca”.

Por conta do clima, a proliferação do inseto aumenta nas ruas e nas residências, contaminando alimentos e líquidos que serão consumidos pelos indivíduos. É importante ressaltar que, apesar do nome, o inseto não é seu único transmissor, pois a virose pode também ser contraída por meio de contato interpessoal (tosse e espirro).

Uma das formas para evitar a contaminação é atentar-se aos alimentos que são consumidos em casa e nas ruas. “Devemos ter cuidado com a comida desde a preparação até a hora do consumo, preparando-a em uma cozinha higienizada e evitando deixá-la em um local aberto. Devemos ter cuidado também com os alimentos vendidos nas ruas, especialmente aqueles que estão expostos ao ambiente”, afirma a Enfermeira do Colégio Diocesano, Mikaella Melo.

De acordo com a Enfermeira, os estudantes, principalmente os mais novos, devem estar atentos à higienização das mãos na hora do lanche no intervalo. “Os alunos ainda não possuem o hábito de lavar as mãos antes de pegar no alimento”, ressalta a profissional.

Pensando na saúde dos seus estudantes e colaboradores, o Colégio Diocesano disponibiliza álcool em gel em pontos estratégicos da Escola, como nos corredores e perto de bebedouros e banheiros.


  • Sintomas mais comuns:

·         Diarreia;

·         Vômito;

·         Dores abdominais;

·         Febre;

·         Náusea.

  • Confira algumas formas de prevenção:

·         Higienize suas mãos;

·         Mantenha utensílios e sua casa higienizados;

·         Prepare os alimentos com água potável;

·         Tenha frutas e outros alimentos sempre cobertos.

 

Com informações do portal OPOVO

Deixe um comentário

0 Comentário