Foram os jesuítas que trouxeram o futebol para o Brasil

24/11/2015 12:32:21 - Por Samira Ramos
[caption id="attachment_26361" align="aligncenter" width="615"]alunos-e-padre-jesuita-seu-reunem-com-uma-bola-de-futebol-em-1897-no-colegio-sao-luis-de-itu-1397156905234_615x300 A foto, de 1897, é muito provavelmente a primeira imagem de uma bola de futebol no Brasil.[/caption]

Foram os padres jesuítas, dizem pesquisas recentes, que trouxeram o futebol para o país na segunda metade do século 19, antes do filho de britânicos Charles Miller voltar da Europa com duas bolas e um livro de regras debaixo do braço.

Muito antes disso, porém, em 1878 um religioso chamado José Maria Mantero, recém-empossado reitor do colégio São Luis, viajou à Europa para saber quais eram as novidades pedagógicas propostas pelos padres jesuítas do Velho Mundo.

Ele voltou de lá com um livro em francês chamado "Os jogos do colégio", um compêndio de cerca de 80 jogos praticados em escolas jesuítas no mundo todo. Na primeira página havia uma descrição e o modo de jogar do "Ballon au camp" (Bola no campo). "Esse jogo é o mais bonito e o mais interessante de todos", escreveram os padres.

O "Ballon au camp" (ou bate-bolão, como os brasileiros o batizaram) foi o embrião do futebol no país, afirma o pesquisador Paulo Goulart, que lançará o livro Pontapé inicial para o futebol no Brasil – O bate-bolão e os esportes no Colégio São Luís: 1880-2014, no dia 12 de maio como parte das comemorações do aniversário de 147 anos do colégio.

A gênese do futebol no Brasil

1879-80 — O padre Antero, reitor do São Luis, vai à Europa conhecer as novidades pedagógicas e esportivas.

1880 — Ele volta com um livro de regras do futebol e algumas bolas. O esporte começa a ser jogado em Itu de maneira embrionária (chutes para o alto, contra a parede...)

1887 — Os alunos começam a se dividir em duas equipes. Os padres fazem marcas na parede e dizem que a bola deve chegar ali (o futuro gol).

1894 — O novo reitor institui mudanças profundas no campo, marca a grande área, distribui camisas coloridas para que se visualizem times diferentes e levanta as traves (ainda sem travessão).

1895 — Paralelamente ao que acontece em Itu, Charles Miller reúne amigos e funcionários de fábricas para a primeira partida oficial de futebol no país, no centro de São Paulo. Esse é o nascimento "mítico" do esporte no Brasil.

1895 — Os jesuítas de Itu instituem o prêmio de "campeão de futebol" que era dado não a uma equipe, mas ao jogador que mais se destacasse no ano. O primeiro campeão foi o aluno Arthur Ravache, que mais tarde teria participação decisiva na organização do futebol paulista.

1897 — Dezenas de estudantes do São Luis se reúnem para a foto que abre essa reportagem, possivelmente a primeira imagem de uma bola de futebol de que se tem notícia no Brasil.

Leia mais em: http://zip.net/bcnh97

Matéria adaptada do site: uol.com.br

Veja matéria na íntegra

Deixe um comentário

0 Comentário